Mês: novembro 2018

Natal Ouro ganha o patrocínio da Águia Fertilizantes

Natal Ouro ganha o patrocínio da Águia Fertilizantes

A Águia Fertilizantes apoia e acredita na magia do Natal. E Lavras do Sul, este ano, recebe a primeira edição do Natal Ouro, um projeto idealizado e organizado pela união de diversas forças vivas do município com o objetivo de criar um ambiente mágico, interativo e encantador.

Os voluntários passaram os últimos meses reunindo-se todas as segundas-feiras, na Secretaria de Turismo, confeccionando, com material reciclado, os enfeites que irão embelezar a cidade.

O projeto tem o apoio da Prefeitura de Lavras do Sul, Lojas Becker, Sicredi, Secretarias de Turismo, Obras, Planejamento e Educação, Rui Elem Teixeira Materiais de Construção, Rotary Clube, Loja Maçônica Acácia das Lavras e Comércio local.

O evento de abertura do Natal Ouro acontece nesta sexta-feira: um Auto de Natal organizado pelo Instituto de Educação Dr. Bulcão. Confira na programação e venha viver a Magia do Natal!

 

30/11 Sexta-feira

21h Auto de Natal da Escola Dr. Bulcão

Local: Igreja Matriz Santo Antônio

 

01/12 Sábado

21h Chegada do Papai Noel e Desfile das Lojas do Comércio Local.

Local: Praça das Bandeiras

 

08/12 Sábado

21h Cantata de Natal com cantores e corais de Lavras do Sul

Local: Praça das Bandeiras

 

15/12 Sábado

21h Natal Dançante com Grupos de Danças, Escolas e CTGs.

Local: Praça das Bandeiras

 

22/12 Sábado

Artesanato na Praça das Bandeiras com a participação de diversas artesãs lavrenses.

NOSSO TIME: Fernando Tallarico

NOSSO TIME: Fernando Tallarico

Basta uma breve pesquisa no Google e nos deparamos com uma vasta quantidade de informações acadêmicas e profissionais de Fernando Tallarico. Atual Diretor Técnico da Águia Resources, formado em Geologia pela Universidade de Brasília e Ph.D. em Geologia Econômica pela Unicamp, é dono de um currículo de tirar o fôlego.

Mas o Nando, como é conhecido em família, fora do ambiente profissional, é um paizão, apaixonado pela esposa e pelas duas filhas e com uma forte ligação familiar. “Sou bem caseiro, e a vida em família me dá o equilíbrio necessário para enfrentar o dia a dia do trabalho. Sempre tive muita admiração pelo meu pai. Muito do que sou devo a ele, principalmente no que se refere aos estudos. Com minha mãe aprendi um lado mais artístico das coisas: ela é restauradora de arte sacra barroca”.

A descendência italiana e a dupla cidadania guiam muitas das atividades do Fernando. “Já visitei a Itália algumas vezes e tive o prazer de conhecer a cidade Natal dos Bucco, Carlantino, na Puglia. Ainda me falta conhecer Cosenza, na Calábria, de onde vêm os Tallarico” comenta. Faz aulas de italiano, é autodidata na culinária, e costuma assistir programas de cozinheiros italianos para treinar o idioma.

Ele diz que o interesse por ciências veio da infância, quando ganhou do pai um livro da área voltado para crianças. “Foi um processo natural até que, entre todas as ciências me interessasse mais intensamente pelas naturais. Foi uma belíssima escola, adoro minha profissão.” Talvez a paixão por outra atividade, o motociclismo, venha um pouco dessa vida aventureira que os geólogos parecem ter. Em contraponto, há a paixão pela cozinha e uma antiga coleção de selos, iniciada pelo avô materno.

Paulistano de nascimento, morou nos Estados Unidos com a família durante muitos anos da infância. A vida acadêmica aconteceu em Brasília, e hoje mora em Belo Horizonte. Conta que sua base cultural vem de São Paulo, cidade onde sua mãe e primos ainda residem, e que adora passear por lá.

Seria interessante escrever a biografia do Fernando, um homem que, segundo ele próprio, não tem coordenação motora para a dança, mas que adora e escuta frequentemente muita música: Rock, “desde ABBA a ZZ Top”, Jazz, “os mais melódicos como Dave Brubeck, Ella e outros” e ainda gosta ocasionalmente de ouvir música clássica. É um leitor voraz: “Leio muito, a começar pela exigência normal da profissão; há um roteiro obrigatório de notícias e assuntos técnicos que cubro com prazer. Gosto muito de notícias e, em particular do noticiário político que ultimamente andou bem agitado no nosso país. Fora a leitura ligada aos meus hobbies, interessa-me também história e em particular a do Brasil”.

Profissionalmente bem sucedido, conta que teve a oportunidade de participar da descoberta de alguns depósitos minerais, o que sempre é o principal objetivo dos geólogos econômicos que atuam em pesquisa mineral. “Tive a felicidade de combinar uma carreira bem sucedida, tanto no aspecto acadêmico quanto profissional”. Na essência de uma trajetória consolidada e de muitas conquistas, pulsa o Nando, de paixões humanas que vive embalado pelo jazz, sua amada Juliana, os aromas da gastronomia, uma cadela e três gatos.

GENTE DE LAVRAS – Elis Rejane Rocha Moreira

GENTE DE LAVRAS – Elis Rejane Rocha Moreira

O papel do professor é fundamental dentro da escola, mas se reflete em toda a sociedade, já que é agente ativo na formação do cidadão. A professora Elis Rejane Rocha Moreira, 47 anos, provou, ao longo de sua carreira, que ir além é fundamental para facilitar a construção da aprendizagem.

Nos anos 90, quando chegou ao 2º Distrito de Lavras do Sul, Ibaré, diz ter sido muito bem recebida. “As pessoas aqui são muito hospitaleiras, fui muito bem acolhida”. Foi lá que conheceu o Antônio Marcos, ou, como é mais conhecido, Preto do Ibaré. E também foi lá que formaram uma família. São três meninas: a primeira, Daniele, veio quando Rejane descobriu que as chances de gerar um bebê eram muito pequenas. “Ela chegou em novembro, e em março do ano seguinte descobri que havia engravidado da Bianca. Cinco anos depois, ainda tive a Brenda; elas são minhas razões de viver”.

A ideia de montar um grupo de Dança surgiu com a alteração dos planos de curso da escola. “Tínhamos que nos adequar à realidade dos moradores daqui, do campo, e trabalhar com interdisciplinaridade”. Interdisciplinar é um adjetivo que qualifica o que é comum a duas ou mais disciplinas, ou outros ramos do conhecimento. E foi isso que fez. O trabalho foi reconhecido por toda a comunidade e, a partir de uma conversa com uma tia de seu marido, Mara Corrêa, viu que poderia ir além dos pátios da escola. “Fomos mais audaciosas: além de trabalhar a cultura gaúcha com as crianças da comunidade, através da dança, resolvemos montar um piquete e realizar nossa própria Semana Farroupilha.”

A cada setembro, a vida rústica do campo, com seus galpões e churrascadas, as atividades como o preparo do chimarrão, o encilhamento dos cavalos, as músicas e as danças tradicionalistas ficam em evidência por todo o Estado. A diferença do festejo no Ibaré é que toda a população se envolve. “Realizamos a festa sem ter um capital fixo, dependemos de doação das pessoas, então eu vou de casa em casa, pedindo colaboração, e o Sr. Naná Munhóz fica responsável por ir até as estâncias para pedir contribuição de carne.”

Os organizadores da festa realizam cafés campeiros e jantares durante todos os dias, sempre gratuitos aos visitantes do evento. Rejane diz que o trabalho é exaustivo, mas é gratificante ver o carinho com que todos os tratam. “É uma semana de entretenimento, de lazer, de cultura e um reencontro de pessoas amigas, famílias e parentes que estão distantes.”

O grupo de dança, antigo Ibareense, hoje chamado Odessa Petrarca, já se apresentou em diversos lugares. Mais de 40 crianças já fizeram parte e hoje 36 são beneficiadas pelo projeto.

Pessoas como Rejane nos provam que a forma como você lida com os obstáculos determina o sucesso pessoal.

Águia participa de reunião de lançamento de importante documento do setor mineral no RS

Águia participa de reunião de lançamento de importante documento do setor mineral no RS

A Águia Fertilizantes participou na última quinta-feira, 22 de novembro, do lançamento do sumário executivo do documento “Mineração no Rio Grande do Sul: Diagnóstico Setorial e Visão de Futuro”, uma espécie de resumo da iniciativa que deverá ser liberada ainda este ano, contendo informações das jazidas conhecidas e sobre a viabilidade comercial dos minérios.

Na presença do Governador do Estado, José Ivo Sartori, Prefeito de Lavras do Sul, Sávio Prestes, empresários, entidades do setor, além do Consul da China no RS, a Secretária de Minas e Energia do Estado, Suzana Kakuta fez um agradecimento especial a Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais (CPRM) e citou algumas empresas, entre elas a Águia Fertilizantes que desenvolve alguns importantes trabalhos de pesquisa no Rio Grande do Sul.

A ação foi desenvolvida em coautoria com a CPRM e com o Departamento Nacional de Produção Mineram (DNPM). Além de contar com a colaboração da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (FEPAM) e outras entidades ligadas ao segmento.

Projeto escolar recebe apoio da Águia Fertilizantes

Projeto escolar recebe apoio da Águia Fertilizantes

A Águia Fertilizantes acredita que apoiar a participação de professores e seus alunos em projetos educativos como o União Faz a Vida, da Cooperativa de Créditos Sicredi, é estimular a percepção das pessoas sobre sua capacidade de participar como agentes empreendedores em suas comunidades. E por isso colaborou com 100 mudas de plantas para o projeto de uma professora do município.

Este ano Alcira Raquel dos Santos Munhoz, alfabetizadora da turma de 2º ano da Escola Municipal Fundamental Professora Helena Maria Dutra Ferreira, criou o projeto “Preservando o Meio Ambiente, a natureza agradece”. Com o objetivo de estimular nas crianças o respeito e mostrar a elas a importância da sua participação no cuidado do meio ambiente, além de fazê-las reconhecer que a natureza é extremamente importante para a sobrevivência do ser humano.

Nesta quarta-feira, 21, acontecerá a Mostra dos Projetos das Séries Iniciais no Ginásio Municipal de Esportes Fernando Pellizzer Teixeira. “É gratificante perceber que as crianças ficaram sensibilizadas pelo tema. E a Águia Fertilizantes, através do Projeto Fosfato, nos ajudou a mostrar para elas a importância de embelezar nossa cidade e preservá-la” comentou Raquel.

“Apoiamos a ação por acreditar que desenvolvimento e educação ambiental caminham juntos e temos compromisso em manter aquecido nosso relacionamento com a comunidade” comenta José Fanton, gerente de geologia do Projeto Fosfato Três Estradas.

Águia Fertilizantes patrocina OvinoFest 2018

Águia Fertilizantes patrocina OvinoFest 2018

A Águia Fertilizantes mais uma vez é parceira do Sindicato Rural de Lavras do Sul em projetos e eventos que valorizem a cultura local. Desta vez a Ala Jovem do Sindicato Rural, com patrocínio do Projeto Fosfato Três Estradas, promove nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro, mais uma edição da OvinoFest. O evento tem como propósito fomentar e valorizar a ovinocultura e a cultura local, proporcionando ao público as maravilhas do “Ouro Branco de Lavras”.

Durante os dois dias os visitantes terão a oportunidade de conhecer desde a criação até a gastronomia no setor da ovinocultura com concurso de carcaças ovinas, concurso de churrasco, feira de ovinos e pela primeira vez um concurso de linguiça ovina.

Para o gerente de geologia do Projeto Fosfato Três Estradas, José Fanton, “participar do evento é fundamental para a empresa, já que tem relação direta com o trabalho do campo e, se instalando na região poderá impulsionar o desenvolvimento local”. Além disso, Fanton acredita que a aproximação da Águia Fertilizantes nas atividades da cidade permite que os cidadãos lavrenses se informem e se integrem ao projeto.

O lucro do evento é todo revertido à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e Fundação Médica Hospitalar Dr. Honor Teixeira da Costa, ambas de Lavras do Sul.

Confira a programação:

29/11 – Quinta-feira

08h – Julgamento do Concurso de Carcaças

30/11 – Sexta-Feira

14h – Admissão dos lotes da Feira de Ovinos

20h30 – Jantar de abertura e entrega de prêmios do Concurso de Carcaças e Primeiro Concurso de Linguiça Ovina

01/12 – Sábado

08h – Admissão dos lotes do Concurso de Borregas

08h – Entrega da carcaça para o Concurso do Churrasco

08h30 – Abertura da Feira de Produtos

09h – Julgamento do Concurso de Borregas EMATER/ASCAR

10h – Julgamento dos lotes da Feira de Ovinos

12h – Julgamento do Concurso de Churrasco

13h – Almoço do Concurso do Churrasco

14h30 – Entrega de Prêmios do Concurso do Churrasco

15h – Entrega de Prêmios do Concurso de Borregas e dos lotes da Feira de Ovinos

15h30 – FEIRA DE OVINOS

Águia Fertilizantes participa da Expolavras 2018

Águia Fertilizantes participa da Expolavras 2018

A Águia Fertilizantes esteve mais um ano presente na Expolavras. A feira, considerada uma das mais importantes para o setor do agronegócio da região sul, está na 74ª edição e acontece no Parque do Sindicato Rural de Lavras do Sul.

Este ano o estande do projeto Fosfato Três Estradas recebeu os visitantes com informações e atualizações sobre o empreendimento, além de realizar atividades envolvendo a comunidade e o público infantil.

Na sexta-feira (02) foi oferecido um happy hour com voz e violão do músico lavrense Bageh, e no cardápio comida mineira: queijo, goiabada, doce de leite e cachaça artesanal. Tudo vindo diretamente da terra Natal da Águia Fertilizantes com o intuito de aproximar gaúchos e mineiros.

No sábado (03) a equipe dedicou-se às crianças com o Jogo da Mineração, um cardgame educativo e colecionável, que informa de onde vem os recursos para produzir objetos que nos deparamos no dia a dia.

Após este momento o grupo Movimento Livre foi responsável, assim como em 2017, pela Contação de Histórias. Desta vez as crianças conheceram uma das versões sobre a história do chimarrão. “O nosso propósito enquanto educadoras é oportunizar momentos de aprendizagem através de experiências significativas. É de extrema importância que existam momentos educativos e pedagógicos e percebemos claramente o quanto a empresa Águia, através do Projeto Fosfato, valoriza e se preocupa com as questões da cultura local” comenta Marina Tunholi. Após ouvirem a narrativa os pequenos puderam confeccionar um enfeite de gesso para colocar no chimarrão.

No domingo ocorreu a Roda de Conversa “Gente de Lavras”, reunindo personagens do quadro jornalístico, de mesmo nome, desenvolvido para as redes sociais do Projeto Fosfato. O “Gente de Lavras” destaca o trabalho voluntário, iniciativas e empreendedorismo das pessoas que fazem a diferença na cidade. Estiveram presentes para este momento, cinco dos sete entrevistados: Ricardo Machado, Helen Franco, Regina Carvalho, Maria da Graça Rodrigues e Roseli da Silva (Dimica).

Com duração de uma hora, a atividade promoveu trocas, deu espaço de fala aos participantes, além de homenagear cada um dos entrevistados por sua importância junto à comunidade lavrense.

“A presença na Expolavras é motivo de grande satisfação para a Águia Fertilizantes. Entender e atender às necessidades de quem vive a produção e os negócios do campo é fundamental para o Projeto Fosfato. Mas sem dúvida, ainda mais importante, é a relação com a comunidade Lavrense, que nos recebe para desenvolver este projeto que poderá fazer a diferença no crescimento econômico e social da região” destaca José Fanton.