O ano de 2019 foi marcante tanto para o Projeto Fosfato Três Estradas quanto para a Águia Fertilizantes, que passou recentemente por um momento significativo em sua trajetória.

Constituída em 2008, a Águia era administrada, até o ano passado, diretamente pelo Grupo Forbes Manhattan em sua sede no Canadá e filial em Belo Horizonte.

Em junho de 2019 o Grupo Forbes saiu da sociedade, o que consequentemente motivou uma reorganização no quadro da empresa. A empresa se transferiu de Belo Horizonte (MG) para Porto Alegre (RS), aproximando-se definitivamente dos projetos gaúchos. No mês seguinte, a gestão de todos os projetos foi entregue para o time do Brasil, sob coordenação do Diretor Geral, Fernando Tallarico.

Atualmente o Grupo Forbes não tem qualquer participação, direta ou indireta, nas atividades da empresa ou quadro de acionistas da empresa. Como se diz popularmente em Lavras do Sul: agora a Águia está, definitivamente, de botas e bombacha.

2019: O ano em que a Águia Fertilizantes se tornou uma empresa gaúcha